AGOSTO, MÊS DAS VOCAÇÕES

tadeuzinho2

Olá amiguinhos!

Julho é um mês de férias, mas não podemos tirar férias de Deus.

Neste mês de agosto, temos datas muito importantes: o Dia dos Pais, a festa da Assunção de Nossa Senhora e o Dia dos Catequistas. Agosto é considerado também o mês das vocações da Igreja, ou seja, dos padres, servidores, religiosos, todos aqueles que colaboram para o crescimento do Reino de Deus.

No primeiro domingo do mês de agosto, somos convidados a rezar pelos padres, aqueles que se consagram e agem na pessoa do Cristo. Eles são os servidores de Jesus. O padre é o nosso pastor, ele que nos guia para perto de Jesus e nos ajuda no nosso caminhar.

No segundo domingo celebramos o Dia dos Pais. Neste mesmo dia fazemos a abertura da Semana da Família. Família é algo muito importante para nós. Ao celebrar essa semana dedicada à família, temos a oportunidade de amar a cada um dos nossos, mais e mais. Você ama a sua família? Convide também seu papai e sua mamãe para vir ao santuário para rezarmos em família.

Capa_Tríduo.ai

Já no terceiro domingo de agosto, nós celebramos as vocações religiosas. Engraçado o nome, não é? Todos nós somos religiosos, mas estes religiosos são diferentes. São homens e mulheres que se consagram a Deus e ao próximo. Eles são chamados a viver como Jesus, deixando de viver para si, para amar o próximo, com caridade e sempre mostrando o amor de Deus sobre nós. Cada consagrado vive de uma forma, como São Francisco de Assis que tinha uma família que cuidava dos pobres.

E no quarto domingo celebramos a vocação leiga e o Dia dos Catequistas. Quem são os leigos? São aqueles que dedicam uma parte do seu tempo para estar na Igreja, seja na música, seja como leitores nas missas, servindo no altar com padre. São aqueles que, além de sua vida particular, nos ajudam no dia a dia da Igreja. E, junto com eles, comemoramos o Dia dos Catequistas, os responsáveis por catequizar, ensinar os caminhos de Jesus.

Amiguinhos, muito bom estar com vocês falando de vocação. Se você se sente chamado a participar na Igreja, procure seu catequista e venha fazer parte da nossa família. Um abraço apertado e que Deus lhes abençoe. Até a próxima!