Notícias

REFLEXÃO E DIÁLOGO MARCAM ENCONTRO “PERSPECTIVAS PARA A FÉ CRISTÃ E DIVERSIDADE SEXUAL”

Deixe seu comentário

Reflexão, partilha e troca de experiências marcaram o encontro “Perspectivas para a fé cristã e diversidade sexual”, que ocorreu na noite desta segunda-feira, dia 6, nas Obras Sociais Pavonianas, zona sul da capital.

De acordo com padre Marcus Aurélio Mareano, vigário paroquial do Santuário, a palestra possibilita maior diálogo. “É uma forma de aprofundar a necessidade de acolhida dos homoafetivos, clarear sobre esta temática à luz da Palavra de Deus e do Magistério da Igreja”, destacou. Em sua colocação, o sociólogo Ricardo Falcão ressaltou que a principal missão da Pastoral da Diversidade Sexual é a promoção do diálogo. O professor também lembrou sobre o crescimento do fundamentalismo e da intolerância, que dificultam o debate. “Estamos aqui para discutir uma série de coisas a partir do respeito”, afirmou.

Paulo Vaz, estudante de psicologia.

Paulo Vaz, 35 anos, é estudante de psicologia e agente de pastoral. Para ele, que acompanha jovens em encontros de formação na Paróquia Santo Inácio e São Judas Tadeu, bairro Maria Helena, o encontro auxilia sua missão evangelizadora na comunidade. “Quero aprofundar sobre o assunto. Penso que o desafio é de encontrar um caminho para ajudar a juventude compreender melhor sobre sua sexualidade e a experiência cristã”, lembrou.

Padre César Thiago do Carmo Alves, 30, reitor do Santuário Pavoniano de Filosofia e Teologia de Belo Horizonte

Ao final do encontro, padre César Thiago do Carmo Alves, 30, reitor do Santuário Pavoniano de Filosofia e Teologia de Belo Horizonte, avaliou a iniciativa e citou uma dificuldade que precisa ser vencida. “O encontro foi muito positivo. O público se mostrou interessado em debater a questão da diversidade sexual na Igreja. Além disso, a presença dos mediadores, com profundo conhecimento acadêmico e pastoral, favoreceu uma melhor compreensão do assunto. Existe uma busca de vários grupos em prol da acolhida das pessoas homoafetivas na Igreja, seguindo o convite do papa Francisco de sermos Igreja em saída. Porém, a onda conservadora tem criado barreiras com discursos injustos”, destacou.

A iniciativa da  Pastoral da Diversidade Sexual do Santuário Arquidiocesano São Judas Tadeu, contou com o apoio da Congregação dos Filhos de Maria Imaculada,  Centro Loyola e do Grupo de Pesquisa em Diversidade Afetivo-Sexual e Teologia. Os interessados em conhecer e participar dos encontros podem entrar em contato pelo telefone (31) 2526 4648 ou por e-mail pdssjbh@gmail.com.

Comments are closed.