Servidores

Dom Walmor

Dom Walmor Oliveira de Azevedo

Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte

O Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, é doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma, Itália) e mestre em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico (Roma, Itália). Cursou Filosofia no Seminário Arquidiocesano Santo Antônio (1972-1973), em Juiz de Fora (MG) e Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras (1974-1975), em São João Del Rei (MG). De 1974 a 1977, cursou Teologia no Seminário Arquidiocesano Santo Antônio. Em 1977, após ser ordenado sacerdote, incardinou-se na Arquidiocese de Juiz de Fora. Foi pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Benfica (1986-1995) e da Paróquia do Bom Pastor (1996-1998); coordenador da Região Pastoral Nossa Senhora de Lourdes (1988-1989); coordenador Arquidiocesano da Pastoral Vocacional (1978-1984) e reitor do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio (1989-1997). No campo acadêmico, lecionou nas disciplinas Ciências Bíblicas, Teologia e Lógica II; coordenou os cursos de Filosofia e Teologia. Em Belo Horizonte, foi professor da PUC Minas (1986-1990). Também lecionou no mestrado em Teologia da PUC Rio (1992, 1994 e 1995).

Nomeado Bispo Auxiliar de Salvador (BA) pelo Papa João Paulo II no dia 21 de janeiro de 1998, foi ordenado pelo Cardeal Dom Frei Lucas Moreira Neves no dia 10 de maio de 1998. Seis anos depois, em 2004, foi nomeado Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte pelo Papa João Paulo II. O início de seu ministério foi no dia 26 de março de 2004. Em outubro de 2008, dom Walmor foi escolhido para ser um dos quatro representantes do Brasil na XII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, realizada em Roma. Em fevereiro de 2014, foi nomeado pelo Papa Francisco membro da Congregação para as Igrejas Orientais. Desde 2010, o Arcebispo é referencial para os fiéis católicos de Rito Oriental residentes no Brasil e desprovidos de ordinário do próprio rito. Dom Walmor também é membro da Congregação para a Doutrina da Fé, desde 2009. Na CNBB, o Arcebispo presidiu a Comissão para a Doutrina da Fé durante os exercícios 2003 a 2007 e de 2007 a 2011. Também exerceu a presidência do Regional Leste II da CNBB – Minas Gerais e Espírito Santo. Membro da Academia Mineira de Letras, Cidadão Honorário de Minas Gerais, dos municípios de Caeté e Ribeirão das Neves, dom Walmor também foi agraciado com a Comenda Dom Luciano Mendes de Almeida, da Faculdade Arquidiocesana de Mariana, e com o título de Doutor Honoris Causa, da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (2012).

— * — — * — — * — — * — — * — — * —

Dom Geovane Luis da Silva

Dom Geovane Luís da Silva

Bispo Auxiliar – RENSP (Região Episcopal Nossa Senhora da Piedade)

Dom Geovane Luís da Silva nasceu em Barbacena, no dia 21 de junho de 1971. É o quarto filho do casal José Sabino da Silva e Antônia Ferreira da Silva. Cursou filosofia e teologia no Seminário São José de Mariana. Foi ordenado presbítero no dia 21 de junho de 1997, em Carandaí, cidade onde cresceu e viveu.

Sempre exerceu o seu ministério pastoral duas cidades históricas importantes da Arquidiocese de Mariana: Ouro Preto e Mariana. Em Ouro Preto foi Vigário Paroquial, na Paróquia de Santa Ifigênia. No ano de 1998, foi transferido para Paróquia do Sagrado Coração de Jesus em Mariana, onde exerceu as seguintes funções: Pároco, Administrador Paroquial e Vigário Paroquial.

Desde 1998, é professor de Teologia Sacramental no Seminário de Mariana. Obteve o título de mestre em 2005 pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, onde estudou Teologia Dogmática. Em sua tese de mestrado – “Sacrosanctum Concilium 59: elementos de teologia sacramental” – fez uma análise do Artigo 59 da Constituição Sobre a Sagrada Liturgia do Concílio Vaticano II. Possui Pós-graduação em Cultura e Arte Barroca pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).

No ano de 2006, foi escolhido pelo reitor do Seminário de Mariana para exercer o cargo de Diretor Acadêmico do Curso de Teologia, onde ainda leciona as seguintes disciplinas: Introdução à Liturgia e Sacramentos; Batismo-Crisma-Eucaristia; Penitência e Unção dos Enfermos.

Em 1999, foi nomeado Conselheiro da Fundação Cultural da Arquidiocese de Mariana, cargo que ele ainda exerce até hoje. Durante cinco anos (1999 – 2003) exerceu a função de Diretor do Museu Arquidiocesano de Arte Sacra de Mariana onde realizou diversos serviços de revitalização, bem como a restauração de obras de arte do precioso acervo do Museu. Idealizador do projeto de restauração da Igreja do Rosário de Mariana, onde será instalado o Museu Vieira Servas.
Participou ativamente de dois processos de Beatificação: de Dom Antônio Ferreira Viçoso e de Isabel Cristina. No primeiro processo, exerceu a função de notário e, no segundo, recebeu o cargo de teólogo censor. Foi coordenador da catequese na Região Mariana-Norte, da Arquidiocese de Mariana.

No dia 2 de maio de 2011, foi nomeado pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, em Barbacena, pelo Arcebispo Dom Geraldo Lyrio Rocha. Exerceu durante quase dois anos a função de assessor da pastoral litúrgica, na Região Mariana-Sul da Arquidiocese de Mariana. Foi professor no Seminário até junho de 2016. Exerceu a função de vigário episcopal durante três anos (2013-2016) e foi membro do Colégio dos Consultores da Arquidiocese de Mariana.

No dia 21 de dezembro de 2016, foi nomeado bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, pelo Papa Francisco. Sua ordenação episcopal foi celebrada no dia 25 de março de 2017, em Barbacena, na Basílica de São José Operário. Atualmente é promotor de justiça no Processo de Beatificação do Servo de Deus Dom Luciano.

MINISTÉRIO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE

No dia 5 de abril de 2017, iniciou seu ministério pastoral na Arquidiocese de Belo Horizonte, onde lhe foi confiada as seguintes atribuições: acompanhar a Região Episcopal Nossa Senhora da Piedade (RENSP), o Vicariato Episcopal Para a Ação Pastoral (VEAP), o Secretariado Arquidiocesano de Liturgia (SAL), o Tribunal Eclesiástico, a Vigararia Geral e a Chancelaria e o Conselho Arquidiocesano dos Reitores de Santuário.

A Rensp é formada pelos municípios de Caeté, Nova Lima, Rio Acima, Raposos, Sabará, Taquaraçu de Minas, Nova União e parte de Belo Horizonte.

 

— * — — * — — * — — * — — * — — * —

 Pe. José Geraldo Sobreira

Vigário Forâneo – Forania Nossa Senhora das Dores

— * — — * — — * — — * — — * — — * —

padre-aureoPe. Aureo Nogueira de Freitas

Reitor do Santuário

— * —

padre-pedro

Pe. Pedro de Sousa Pinto

Pároco Emérito

— * —

Pe. Marco Antônio Gonçalves Porto

Vigário Paroquial

— * —

IMG-20150604-WA0000

Pe. Marcus Aurélio Mareno

Vigário Paroquial

— * —

Irmãs Sacramentinas de Bérgamo

Ir. Maria do Socorro

Ir. Maria Aparecida da Silva

Ir. Maria Margarida de Jesus

——————————————*——————————————

————————————————————–*———————————————————-

Confira a relação dos Comunidades do Santuário